CHEGADA – Novos policiais para a velha delegacia


Norma Espíndula: Vereadora auxiliou Polícia Civil na busca por policiais

Norma Espíndula: Vereadora auxiliou Polícia Civil na busca por policiais

Quatro novos policiais civis chegaram a Navegantes e já estão atuando. O anúncio foi feito essa semana pelo delegado Rodrigo Coronha e pela vereadora Norma Espíndula (PR). Além dos agentes, Navegantes também contará com uma terceira delegada, a qual está de licença e assume efetivamente o cargo ao final de janeiro.

Segundo Coronha, a conquista teve uma grande parcela de colaboração da vereadora Norma. “Ela foi a única vereadora que demonstrou empenho em nos auxiliar”, comenta. Os novos agentes chegam para repor outros que se aposentaram ou pediram exoneração por passar em outros concursos.

Três dos agentes foram lotados no setor de investigação. “É a área que temos mais defasagem no momento”, observa Coronha. O outro irá atender no expediente.

Segundo o delegado, o ideal para suprir a demanda do município, hoje com 74964 habitantes, segundo estimativa do IBGE, seriam 20 policiais, seis escrivãos e quatro delegados. Atualmente, a Polícia Civil conta com 13 policiais, dois delegados (mais a delegada que ainda irá assumir) e quatro escrivãos (dos quais um está prestes a se aposentar).

Apenas em 2016 foram 11.352 boletins de ocorrência registrados, fora os registrados pela internet, 755 inquéritos instaurados e 232 autos de prisão em flagrante. “Temos ainda um grande número de Termos Circunstanciados e Autos de Apreensão por Ato Infracional que não consigo te precisar no momento”, detalha.

A demanda por mais policiais só tem crescido. Mesmo com os novos policiais, o problema estrutural ainda é grave. “Hoje estamos com uma estrutura física muito aquém para atender a comunidade”, destaca. A luta por uma nova delegacia vem desde 2009, também encampada pela vereadora. “Estamos brigando e conseguimos avançar, mas ainda não conquistamos nosso objetivo”, destaca Espíndula.

O prédio atual não possui cela, as salas são pequenas e a recepção não é a ideal. A delegacia nova será construída no mesmo local e até projeto já possui. “A Prefeitura foi parceira e cedeu o projeto, todas as licenças de construção já foram liberadas, falta apenas o dinheiro”, observa a vereadora. Em tratativas, o Governo do Estado sinalizou uma verba de R$ 2,5 milhões para esse fim. Norminha e Coronha tentam agora agendar uma reunião com o secretário de Estado da Segurança Pública, César Grubba, para cobrar um posicionamento e a liberação do dinheiro.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *