TRÂNSITO – Caminhoneiros ameaçam parar de trabalhar hoje


Caminhões. Motoristas prometem paralisação hoje – Jean Knetschik/JN

Caminhões. Motoristas prometem paralisação hoje – Jean Knetschik/JN

Caminhoneiros autônomos se organizam para fazer uma paralisação no dia de hoje (3) pela região. A paralisação é organizada pelo Sintracon (Sindicato dos Transportadores Autônomos de Containeres e Cargas em Geral de Itajaí e Região).

Segundo o presidente Ademir de Jesus, foram enviados três ofícios aos complexos portuários para tentar negociar uma tabela de fretes melhor. O sindicato, além de englobar Itajaí e Navegantes, abrange também Imbituba e Itapoá.

Ademir afirma que, em 2015, para transportar um container vazio da Portonave até a empresa Rogério Philippi, por exemplo, pagava-se R$ 90, o qual é pago até hoje. O objetivo é atualizar o valor para R$ 126.

Outra situação são as condições de trabalho que são exigidas melhorias. “Em Santos, o pagamento é sempre feito em dinheiro, aqui o frete é pago em cheque, se duvidar, pré-datado”, reclama Jesus. Diferente de outras manifestações, os caminhoneiros prometem não trancar as rodovias, apenas ir para a empresa ou sede do sindicato e não operar.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Veículos de Transporte de Carga e Logística de Itajaí e Região – Seveículos informou que está preocupado com os reflexos desta mobilização. “Para o sindicato que representa as empresas de transporte, a criação de uma tabela fixando valores mínimos não é permitida por lei e pode ser configurada como uma formação de cartel”, diz a nota. Ela completa ainda: “A entidade não é contra a paralisação e a busca dos trabalhadores por melhores valores, mas hoje, as empresas associadas ao Seveículos já praticam preços acima dos valores propostos pelo próprio sindicato dos autônomos”.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *