AR-CONDICIONADO – Alunos vão pra rua pedir nova fiação para escola


Educação. Alunos voltaram para a rua pedir por uma solução – Jean Knetschik/JN

Educação. Alunos voltaram para a rua pedir por uma solução – Jean Knetschik/JN

Estudantes da escola Júlia Miranda, foram para a rua na sexta-feira pedir providência por parte do Governo do Estado, em relação à fiação da instituição de ensino. No ano passado, alunos da escola também fizeram passeata cobrando que a mesma situação fosse solucionada.

Por conta da fiação antiga, ela não suporta que os equipamentos de ar-condicionado sejam ligados na escola, pois podem ocasionar a queda de energia no local. Entrou verão, verão acabou, chegou outono, e o problema inda não foi solucionado.

Na escola Adelaide Konder, no bairro Machados, durante a última reforma feita na instituição, o problema foi solucionado, porém, a energia que vinha da rua não era suficiente para ligar os equipamentos. Na Câmara de Vereadores, parlamentares encaminharam pedido para que a Celesc analise o problema e o solucione o quanto antes.

A passeata dos alunos do Júlia Miranda ocorreu na sexta-feira e seguiu até a frente da Prefeitura. O objetivo era solicitar que a Prefeitura auxiliasse nessa cobrança junto ao Estado. O grito dos adolescentes era o mesmo do ano passado: “Aluno na rua, governo a culpa é sua”.

Segundo a ADR, é do conhecimento da agência de desenvolvimento regional esse tipo de problema, que ocorre não apenas em Navegantes, mas em várias escolas estaduais da região. A ADR admite que é necessária uma revisão na fiação de muitas escolas e está no aguardo de recurso financeiros. “Temos pedido para que a Secretaria de Educação libere recursos e possamos fazer essas obras num lote só”, comenta a assessora de comunicação, Sílvia Daleffe.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *