ATRASADAS – Obras que permanecem incompletas na cidade


CAC. Centro no bairro Meia Praia deveria ter inaugurado em setembro do ano passado – Jean Knetschik/JN

CAC. Centro no bairro Meia Praia deveria ter inaugurado em setembro do ano passado – Jean Knetschik/JN

Não são poucas as obras que já tiveram seus prazo de entrega e funcionamento estourados nos últimos meses. Na semana passada, falamos sobre uma obra que tem levantado muitos questionamentos e reclamações por parte da comunidade, a UPA do Gravatá. Esta semana, fizemos uma pequena lista com algumas das obras que, se já não estão concluídas, mas não funcionam, pelo menos tiveram os prazos de entrega bastante atrasados.

A primeira delas, talvez a mais aguardada pela comunidade, trata-se da ampliação da Fundação Hospitalar Nossa Senhora de Navegantes. A obra iniciou em 2012 e até agora não foi concluída. A última promessa da Prefeitura é de que ela seria entregue até agosto do ano passado, o que não ocorreu.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a obra depende ainda de cinco licitações. Na terça-feira (28), funcionários da pasta e da Secretaria de Governo foram à sede do Badesc, em Florianópolis, para agilizar a liberação de três delas. “Estamos aguardando a autorização do Badesc para iniciar as obras da parte elétrica, gases medicinais e climatização”, diz o secretário de saúde, Alcídio Reis Pera.

No Departamento de Projetos estão concluindo a última parte da licitação das obras que é a parte de alvenaria e estrutural. Toda a documentação está pronta. A secretaria cadastra agora ao sistema para o prosseguimento da licitação. Já a licitação da rampa do hospital está pronta e aguarda homologação.

Outra obra da Secretaria de Saúde que chama atenção pela demora é a Academia da Saúde, no bairro São Domingos II. A parte física parece já ter sido concluída. O prédio inclusive já foi todo pintado por fora. Segundo a assessoria de imprensa da Saúde, a primeira parte da obra está concluída. A segunda parte foi licitada e está em fase de homologação. Essa segunda parte da obra será feita pelo valor de R$ 155.585,30. A data de conclusão já foi mudada duas vezes, pelo menos. A última falava sobre a conclusão neste primeiro semestre de 2017.

 

Educação

Na Secretaria de Educação também há uma obra concluída para ser colocada em funcionamento. O Centro de Atendimento da Criança (CAC) está com sua estrutura física pronta, mas ainda não recebe estudantes por não ter mobiliário. A secretária de Educação, Regina Célia Correa, informa que tal licitação sairá neste mês de abril.

A estrutura pertencia à Secretaria de Assistência Social e deveria servir de vínculo com as famílias do bairros, com diversos cursos. “Agora vai iniciar com atividades no contraturno das aulas para estudantes e vai ampliar depois, talvez teremos uma gestão compartilhada, ainda não foi definido”, comenta o secretário de Assistência Social, Juliano de Maria. No ano passado, quando ainda sob a tutela da Assistência, a obra tinha previsão de inauguração para setembro, o que não aconteceu.

Na Educação, porém, uma obra que foi concluída e já começou a funcionar, apesar de não ser inaugurada oficialmente foi uma escola no bairro Gravatá. Apesar das aulas iniciarem com uma semana de atraso em relação ao restante da rede municipal de ensino, a escola Leonora Schimitz já atende alunos do ensino fundamental.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *