PLANO DIRETOR – Audiência Pública apresenta 57 alterações para projeto


Plano Diretor. Audiência pública lotou auditório da Prefeitura – Jean Knetschik/JN

Plano Diretor. Audiência pública lotou auditório da Prefeitura – Jean Knetschik/JN

Delegados responsáveis pela discussão do Plano Diretor terão um bom trabalho nos próximos 20 dias. Durante a audiência pública para discutir o novo Plano Diretor, 57 propostas de alteração ao texto foram apresentadas pela comunidade.

As reivindicações irão passar pelo crivo dos delegados e poderão ser acatadas ou rechaçadas pelo colegiado. Ao todo são 44 delegados indicados pela sociedade civil e poder público.

Entre os pedidos, uma grande variedade. Entre elas estava um pedido do setor cultural para incluir a regularização de imóveis tombados. Outra solicitação tratava do proprietário de um terreno próximo ao Navemar, onde o novo Plano Diretor trata a área como local para implantação de um parque ecológico. O local possui 43 mil m2 e, segundo proprietário, com o novo plano em vigor, irá inviabilizar a possibilidade de instalação de residências ali.

Tão logo os delegados decidam sobre as solicitações, o Plano Diretor segue para análise e votação da Câmara de Vereadores. Os vereadores também poderão apresentar emendas que julgarem necessárias. O documento terá validade por 10 anos. Mesmo que não haja emendas legislativas, o projeto pode ser alterado dentro dessa década por meio de lei.

A audiência pública ocorreu na noite de terça-feira (4). O auditório da Prefeitura ficou lotado com a presença de delegados e representantes de vários setores que apresentaram sugestões de modificações, como cultura e empresários.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *