Saldo de empregos é estável – Admissões e desligamentos se equiparam na cidade


Sine. Maioria de atendimentos na agência é para retirada do FGTS – Jean Knetschik/JN

Sine. Maioria de atendimentos na agência é para retirada do FGTS – Jean Knetschik/JN

O saldo de vagas de emprego geradas em Santa Catarina no acumulado nos três primeiros meses de 2017 supera o resultado do mesmo período do ano passado, aponta relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na quinta-feira (20), pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No entanto, em Navegantes, a situação se estabilizou, aparentemente. Pelo Caged, foram 1142 admissões contra 1141 desligamentos entre janeiro e março deste ano.

Para o responsável pela agência do Sine na cidade, Nildo Lopes, a situação é preocupante. “Em 2015 tínhamos 400 vagas para oferecer, agora são duas ou três”, destaca.

Na segunda-feira, dos 93 atendimentos feitos na agência, 40 eram para retirar o FGTS, resultado de demissões em diversas empresas. “Diferente de outras cidades do estado, ainda dependemos muito da área naval, a qual não vai bem e continua demitindo”, observa.

Considerando apenas março, no entanto, o resultado foi negativo tanto em Navegantes, como em Santa Catarina. O saldo estadual é de 4.638 vagas negativas (foram registradas 83.737 admissões e 88.375 desligamentos). Navegantes foram 321 contratações contra 458 demissões, um saldo negativo de 137.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *