DESENVOLVIMENTO – Navegantes está entre os 10 melhores


capa-principal (4)

A Federação Catarinense de Municípios (Fecam) lançou o Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável (IDMS) 2016. Tal documento diagnostica o grau de desenvolvimento de uma cidade e visa auxiliar os gestores a definir prioridades locais. Navegantes subiu três posições e figura em 8º lugar em todo o estado.

O índice navegantino está acima da média estadual. Enquanto Santa Catarina conta um IDMS de 0,608, Navegantes tem índice de 0,753. A cidade cresceu na série histórica. Saiu de 0,715 em 2012 para 0,722 em 2014, alcançando 0,753 em 2016.

O melhor desempenho da cidade está no aspecto ambiental, com uma das mais altas avaliações do estado com 0,879. A médica catarinense é de 0,480. Para classificar o desempenho ambiental do município, um importante indicador é a cobertura de saneamento básico, ou seja, quantos domicílios são atendidos por coleta de lixo; quantos são atendidos por rede pública de água e quantos têm acesso à rede de esgoto ou fossa séptica. Nessa avaliação pesa, ainda, a efetividade da Estrutura de Gestão Ambiental e do Conselho Municipal de Meio Ambiente. A preservação ambiental, medida pelo encaminhamento adequado do lixo e pelos cuidados com as áreas de matas e florestas naturais nas propriedades agropecuárias também contam pontos.

Segundo a superintendente da Fuman, Cláudia Angioletti, o setor ambiental é avaliado em três quesitos: Saneamento Básico (cuja nota se manteve a mesma), Preservação Ambiental (já atingiu a pontuação máxima) e Gestão Ambiental, a qual subiu 50% em relação ao último estudo. “Ainda queremos melhorar mais a nota da Gestão Ambiental com a informatização do sistema. Quem tiver acesso à internet, poderá fazer alguns procedimentos relativos à Fuman online”, comenta e completa: “Ainda há o que na preservação, mas vamos trabalhar para atingir nota máxima também nos outros quesitos”.

A cidade recuou, apenas, no dinamismo econômico, que caiu de 0,699 para 0,646, de 2014 para 2016. Neste quesito são observados aspectos relacionados ao número de empregos formais, nível de renda, percentual de domicílios em situação de pobreza, evolução da área liberada para construção, Produto Interno Bruto (PIB) e crescimento do ISS – Imposto Sobre Serviço.

 


 

Indicadores
Político institucional 0,738

Sociocultural              0,750

Educação                    0,720

Saúde                          0,778

Cultura                       0,673

Habitação                   0,859

Ambiental                  0,879

Econômico                 0,646

IDMS Município        0,753

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *