Dicas para economizar energia durante as viagens de férias

Por Jornal de Navegantes 09/01/2018 - 17:29 hs

Chegou o período de férias escolares, quando muitas famílias viajam. E nem sempre desligar os aparelhos das tomadas está entre as providências pré-viagem. O engenheiro, Cristiano Mollica, orienta que algumas medidas simples antes de sair de casa podem contribuir expressivamente para a economia de energia durante os dias em que estiver fora.

A primeira prática é desligar todos os equipamentos e eletrodomésticos da tomada. Segundo o especialista, televisores, aparelhos de TV a cabo, vídeo games, fornos de micro-ondas, DVDs, equipamentos de áudio, telefones sem fio, filtros de água eletrônicos e carregadores de celulares consomem energia mesmo estando desligados, se estiverem conectados à corrente elétrica. "Em sua maioria, são dotados de transformadores e leds no circuito interno, o que consome energia mesmo sem funcionar. Para se ter uma ideia, alguns equipamentos como notebooks ou aparelhos de TV a cabo, por exemplo, podem utilizar até 7 Watts por hora", explica o especialista.

O engenheiro também orienta que geladeiras e refrigeradores, enquanto não estiverem em uso frequente, podem ter seus termostatos ajustados para temperaturas mais altas, já que a porta não será aberta frequentemente, mantendo os alimentos gelados da mesma forma.

Outro habito que corrobora para o consumo de energia desnecessário é manter os carregadores de celulares ligados na tomada dia e noite. De acordo com Cristiano, eles possuem componentes internos, como os transformadores, que consomem energia apenas por estarem em contato com a corrente elétrica. E ainda alerta que "algumas pessoas afirmam que os carregadores mais modernos não possuem transformadores, os vilões do consumo de energia, mas a verdade é que sim, em sua maioria possuem, porém são menores que os antigos, ou seja, consomem menos energia, são as chamadas fontes chaveadas", complementa.

Cristiano Mollica acredita que com essas medidas é possível economizar até 3% no consumo de energia ao final de um mês, dependendo do caso. "Os valores variam conforme a quantidade de equipamentos conectados em uma residência possui. Mas uma coisa é certa, a redução será notável quando a conta chegar e ao final de um ano terá representatividade ainda maior", completa Mollica.

O especialista também explica que é possível conferir o consumo dos equipamentos em stand by acoplando um alicate medidor de fuga de corrente em uma fase do equipamento e multiplicar o valor resultante pela quantidade de horas em que o mesmo ficará conectado à tomada. "Fizemos diversos testes com nosso VA-410 para conferir os resultados de energia consumida num montante. É simples de utilizar e identificar. E todo mundo pode ter uma equipamento como esse em casa entre as ferramentas. Afinal, além de fazer bem ao bolso, a economia de energia é importantíssima para a preservação do meio ambiente", conclui Mollica.