PREMIAÇÃO – Concurso de natal conhece vencedores


Decoração. Enfeites natalinos preenchem casa dos Swarowsky – Divulgação/JN

Decoração. Enfeites natalinos preenchem casa dos Swarowsky – Divulgação/JN

Nesta semana foram escolhidas as histórias de natal que venceram o concurso promovido pela família Swarowski, no bairro Meia Praia. O ganhador foi o estudante Willian Matheus Loureiro, com a redação “A noite de Natal”. O segundo lugar foi para a aluna Jamily Cristina Pereira da Silva com “O Natal em família”.

Para retirar os prêmios eles precisam comparecer ao evento de hoje à noite, na Rua Felix Busso Assemburg, 445. As festividades reunirão crianças carentes do bairro para receberem presentes das mãos do Papai Noel. Os vencedores devem portar RG e CPF tanto do vencedor quanto do acompanhante.

 

1º lugar

A noite de Natal

 

Era o ano de 1967 quando uma mãe desesperada, procurava algo para dar aos seus filhos. Tanto para comer quanto para vestir. Naquela noite ela só tinha CR$ 10,00 (dez cruzeiros). Isso não seria problema se fosse apenas para um filho, mas ela tinha 12 filhos. Todos dependentes de sua mãe e de seu pai. Eles trabalhavam na roça. Família pobre que tinha pouca coisa para comer, mas nunca faltava nada na mesa.

Aquela noite estava fria e com neblina. A mãe vestia uma simples manta de cor verde escura e calçava sapatos pretos. Humildemente foi de loja em loja tentando comprar roupas. O valor também era pouco para a comida. Nada de conseguir o que queria.

De repente em uma loja um senhor idoso, de barba branca e olhos azuis a observava e lhe deu de graça: carne, bebidas, roupas, calçados, etc. sua alegria foi imensa por ter recebido tantos presentes.

Aquela mãe em gesto de gratidão procurou o senhor para agradecer pelo que ele fez. Queria até mesmo dar o pouco dinheiro que tinha. E não o encontrou. Ela entendeu que ele nada mais era que um anjo aparecendo na hora exata e na noite certa. Então aquela foi a noite de Natal de 1967.

 

Willian Matheus Loureiro

 

2º lugar

O Natal em família

 

Em uma bela tarde no Rio de Janeiro. Dia 24 de dezembro de 2014. Uma menina chamada Aninha estava feliz e ansiosa para a chegada da noite onde todos realizariam a ceia tão esperada de Natal.

Durante o dia ela e o pai foram comprar as comidas para a ceia. Voltando do mercado começaram a fazer os preparativos. Ela ajudava, a todos da família. À noite quando já estava tudo pronto. Lembrou-se que tinha esquecido o cartaz na casa da prima. Era uma surpresa para todos. Não dava para ligar porque o celular estava quebrado. Então teve que convencer seu pai a ir até a casa da prima.

Quanto estavam voltando viram uma família muito necessitada em frente a uma loja. Seu pai ficou triste com aquela cena. Perguntou a menina o que ela achava daquelas pessoas passarem o Natal com eles. Ideia aprovada. As crianças convidadas abriram um sorriso no rosto.

Chegando em casa. Minha mãe reservou um lugar à mesa para aquela família. Foi uma festa linda! No final mostrei o cartaz surpresa para todos que dizia: FELIZ NATAL! NÃO EXISTE NADA MELHOR QUE O NOSSO SORRISO.

 

Jamily Cristina Pereira da Silva

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *