NAVEPREV – Câmara cobra explicação sobre viagem ao sudeste


Naveprev. Custeio de passagens e viagem é questionado – Jean Knetschik/JN

Naveprev. Custeio de passagens e viagem é questionado – Jean Knetschik/JN

No ano passado, integrantes do Navegantesprev estiveram no Espírito Santo para receber o 7º Prêmio Boas Práticas de Gestão Previdenciária. A quantidade de pessoas que formou a comitiva e como ocorreu o pagamento de tais viagens foi questionado pelo vereador Jassanan Ramos (PMDB) durante requerimento.

O vereador solicitou que o diretor-presidente do instituto, Jan Ullrich comparecesse ao legislativo e fornecesse uma planilha de gastos e passagem. “Quem não deve, não teme”, salienta.

Procurado pela reportagem, Ullrich explicou que a comitiva era formada por integrantes da administração do instituto e dos conselhos administrativo, fiscal e comitê de investimento. O pagamento da viagem foi feito com verba administrativa, destinada aos custeios e pagamentos de cursos e capacitações tanto da equipe que atua diretamente na Naveprev, quanto dos conselheiros. “Não fomos apenas receber o prêmio, fomos participar do 16º Congresso Nacional de Previdência da Aneprem”, explica. O congresso contava com palestras de peso como com o doutor Ricardo Pena, auditor-fiscal da Receita Federal do Brasil.

Única pessoa não ligada diretamente ao instituto na viagem foi o prefeito da época, Roberto Carlos de Souza (PSDB). O vereador também questionou a presença de esposas e se foi pago com dinheiro público. Ullrich esclareceu que foram junto apenas as esposas dele próprio e do prefeito, cujas passagens foram pagas com recursos próprios. “Tive que pagar do bolso pra minha esposa entrar no prêmio também”, lembra.

Dia 8 de março, haverá nova capacitação envolvendo um seminário em Florianópolis. Equipe da Navegantesprev já se prepara para ir, assim como os conselheiros.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *