CEFIR – Apoio familiar para ajudar tratamento


Na sala de fisioterapia do Cefir de Navegantes uma cena desperta a atenção –  um sorriso. A dona dele é Rosita Mandel, mãe de Douglas Eduardo Schramm, que há muitos anos acompanha o filho no tratamento fisioterapêutico e colabora com a equipe que trata de aliviar as dores do corpo.

A colaboração são nos cuidados básicos essenciais para quem é portador de alguma deficiência física. “A equipe faz muito bem a sua parte que é o tratamento de suporte, permitindo uma melhor qualidade de vida para o meu filho diante do seu quadro clínico. Já eu faço a minha parte de mãe com muito amor. Estou sempre presente, ajudando no que ele precisa,” diz.

A deficiência física de Douglas foi diagnosticada ainda na infância – Distrofia Muscular de Becker, condição genética que enfraquece os músculos com o passar do tempo. Hoje, Douglas tem 34 anos e deixou de andar há 3 anos. “Ter a minha mãe por perto é algo maravilhoso,” afirma.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *