CRAS DE NAVEGANTES LANÇAM ATIVIDADES NO DIA NACIONAL DE COMBATE AO ABUSO E À EXPLORAÇÃO SEXUAL DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES


Com o slogan Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes, os CRAS do bairro Nossa Senhora das Graças e do bairro São Paulo estão num dia de mobilização para chamar a sociedade em assumir a responsabilidade contra o abuso e a exploração das crianças e adolescentes.

Uma das atividades que vai marcar o 18 de maio em Navegantes é a participação dos alunos da rede municipal de algumas escolas na intervenção nas ruas no bairro Nossa Senhora das Graças. Os alunos do bairro São Paulo e Nossa Senhora das Graças, além de assistirem aos vídeos educativos e debaterem sobre o tema em sala de aula, também vão ser multiplicadores e levar mais informação para a comunidade sobre o combate ao abuso e à exploração sexual infantil.

“As crianças assistiram aos vídeos de curta metragem sobre o Dia de Combate ao abuso e à exploração sexual, que aborda a mobilização da data e também sobre a violência sexual, além dos fragmentos da vida real. Foi esclarecido os tipos de violência: negligência, violência física, violência psicológica e violência sexual,” destacou o coordenador do CRAS – Nossa Senhora das Graças, Douglas Vitorino Cabral.

Neste dia 18 de maio, os alunos vão participar das intervenções nas ruas a partir 13h30. Serão entregues para a comunidade além dos panfletos, a Flor de Eva – confeccionada pelas próprias crianças, que simboliza os desenhos da Primeira Infância e associa a fragilidade de uma flor a de uma criança.

“Conforme dados oficiais, no Brasil, uma criança por dia é vítima de violência. Esta campanha tem o intuito de promover ações de sensibilização, formação de multiplicadores sobre o tema para que possamos combater qualquer tipo de violência com as nossas crianças e adolescentes. Vamos participar desta luta, precisamos formar pessoas para levar a conscientização da importância de denunciar. Precisamos romper este ciclo de violência e proteger as nossas crianças e adolescentes,” ressalta o Secretário da Assistência Social, Juliano de Maria.

Como denunciar

As denúncias de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes podem ser feitas no Conselho Tutelar ou pelo Disque Denúncia – Disque 100, um serviço de utilidade pública, que recebe e encaminha denúncias de violências.

Saiba mais

Em memória à menina Araceli, uma emblemática vítima de violência contra a criança no país, a data da morte – 18 de maio –  foi transformada no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes . O dia foi instituído com a aprovação da Lei Federal 9.970/2000 .Todos os anos, nesta data, a impunidade sobre a morte desta criança é lembrada em diversas atividades de discussão sobre o tema no Brasil. Na época, em 1973, a menina Araceli com apenas 8 anos de idade, teve todos os direitos violados: raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta na cidade de Vitória – ES.  Os autores do crime não foram condenados.

FAÇA BONITO – Vamos assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual  praticada contra crianças e adolescentes no Brasil. Disque 100!

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *